Por que ela fascina? Uma análise sobre a “Ice Princess” Jessica!

Seguindo com a série de análises sobre as integrantes do SNSD, todas feitas pela Auratus do fórum da Soshified, chegou a hora da Ice Princess do SNSD, a Jessica! Confira a análise a seguir:

Esta é a minha segunda tentativa de analisar a Jessica. Eu adicionei algumas reflexões minhas sobre ela. Jessica era um enigma para mim, mas acho que depois de um longo estudo eu consegui compreendê-la. A primeira impressão dela pode ser de frieza, mas na verdade, isso é só a aparência. Eu ainda estou tentando entender algumas coisas sobre ela, mas eu fico muito feliz de ela fazer parte do Soshi.

A Jessica deixa as pessoas confusas. Ela é ou uma gata ou uma deusa. Eu ainda não decidi. Ela é um combinação tão estranha de “legal”, “querida” e “diferente”. Mas é o seguinte: ela não se importa se você se importa. Ela não se importa se você entende ela ou não. Ela não se importa se você a aprova ou não, ou acha que ela é sensual. SUAS preocupações? Não, obrigado. Não significa que ela quer ser rude sobre isso, mas Jessica é um recurso finito que ela distribui com cuidado.

Quando Jessica olha para o mundo, ela vê dois tipos de pessoas. Família. Outros. Parece simples, não? Mas é a sua atitude em relação a esses dois grupos que a faz ser única no mundo dos ídolos.

Primeiramente, por que nos importamos? Porque ela é legal. Ela é um James Dean renascido em forma de mulher. Seus amigos sabem que eles fazem parte de um seleto grupo abençoado, já que ela é rígida na seleção. Nós QUEREMOS a sua aprovação, porque nós sabemos num nível subliminar que ela é uma raridade. E aqui vai mais uma coisa que ela tem a mais que James Dean: ela é mulher. Por que isso em específico é algo superior? Uma pessoa famosa arrisca muito indo contra o que é comum. Chame isso de uma discriminação sexual reversa. Mas a Jessica tem o encanto de ser “legal demais” e ela pode ligar isso a qualquer momento, e se tornar o que ela quiser, e mesmo assim nós somos cativatos por ela. James Dean não conseguia fazer isso. Ela pode dar gritos, ela pode ser feminina ou violenta, ela pode ser legal demais ou super quente, gelada ou sentimental, e mesmo assim ela nos chama a atenção, talvez por tudo isso ser tão diferente da primeira impressão, a faça ser mais interessante. Mas por que?

Com certeza ela é sexy. Em termos de “sex appeal” entre as integrantes do Soshi, a Jessica e Yuri são as duas principais. Eu falo isso de sem tentar dar preferência a ninguém (*mas eu sou humana, então talvez isso não seja totalmente possível… desculpe). Yuri adora a atenção que recebe por sua sensualidade, mas balanceia isso com as suas brincadeiras para não entrar no campo da arrogância. Jessica, por outro lado, ela tem orgulho e profissionalismo, e a vaidade comum de uma mulher de 20 e poucos ano que quer ficar o mais bonita possível, querendo sempre aparecer para as câmeras no seu melhor ângulo, mas eu acho que ela não entende o quão atrativa ela é. Eu acho que quando ela olha no espelho ela vê um sorriso engraçado, olhos decentes e um nariz fofo, mas isso se balanceia com as inseguranças comuns que qualquer mulher de 20 e poucos anos tem. Nós entendemos que ela é fantasticamente sexy, mas ela não se importa com isso.

Explicando de outra forma, Yuri aprecia que ela chame a atenção dos homens. Jessica não se importa com isso. A ironia, claro, com o seu incrível sex appel é que ela não consegue nem mesmo segurar na mão de um homem, assim como yuri. Isto se deve ao contrato da SM que proibe que elas namorem (NT*: Isso é uma especulação do autor do texto, nunca houve provas de que algo assim realmente exista) e também de um público excessivamente obsessivo e vigilante que acham que as meninas do SNSD são deles. Eu as vezes fico pensando sobre o que essas pressões fazem a elas. Por definição, não é nada natural, e eu espero que isso não prejudique elas futuramente.

Estar no Soshi deixa Jessica brilhar. No palco, usando as roupas das apresentações, se apresentando na frente de fãs aos gritos, ela fica feliz. Não porque ela está vestindo roupas do Soshi, não por causa dos fãs aos gritos, não por ela ser uma artista. É assim que ela é. É para isso que ela treinou 7 anos. É a profissão que ela escolheu. Dançar e cantar bem, ser reconhecida por isso, ser respeitada por fazer o seu trabalho direito é recompensador. E ainda fazer tudo isso com as suas amadas irmãs é a cobertura do bolo. Ela aprecia os fãs de um ponto de vista profissional, mas ela nunca esquece da separação entre o que é pessoal e o que é profissional. Ela gosta da atenção dos fãs. Mas ela não vive para isso.

Quando você vê todos os vídeos mostrando ela distraída, você tem de entender, a Jessica é delicada. Ela mantém o seu corpo com bem poucas reservas. Eu acho que ela é a que tem a menor massa corporal no Soshi, talvez fique apenas atrás da Sooyoung, que é abençoada/amaldiçoada com um metabolismo anormal. Pense numa moto. Ágil, rápida, incrível, mas com um pequeno tanque de gasolina. Ela não aguenta muito. É por isso que ela dorme tanto. É por isso que ela pode ficar distraída. Não é porque ela não se importa. É que ela escolheu gastar a sua energia física sabiamente. Ela tem que fazer isso.

Isso leva à sua interação com as pessoas. Ela tem uma tolerância muito baixa a idiotas de qualquer tipo. Ao menos que ela tenha algo investido na pessoa ou situação, essas pessoas tem apenas uma ou duas chances antes de perder a sua atenção. Isso não quer dizer que ela vai ser má, ou que ela quer magoar de propósito, mas é que ela tem de gastar a sua energia emocional sabiamente. Se é algo com que ela se preocupa, ela dá o seu todo. Se é para o Soshi, é óbvio que ela dá o seu máximo para o grupo. Mas quando as câmeras estão desligadas? Ela pode ficar com cara de sono e espaçosa e não se importa com isso.

Outro aspecto da liberdade que ela tem por participar do Soshi é melhor compreendida ao saber que Jessica é uma pessoa extremamente reservada, com incríveis defesas e alguns medos em seu interior. Eu não sei quais são esses medos, mas ela não confia facilmente nas pessoas. Considere sorte quando essas defesas deslizam. Antes do Soshi, ela eram impenetráveis. Eu acho que ela sofreu muito na transição da Califórnia para a Coréia. Com 11 anos de idade, ela deixou os seus amigos e se mudou para um mundo intensamente jugamental. É daí que eu acho que vêm a sua “frieza”. Ela se deparou com esse desafio se tornando um James Dean de tranças. Legal demais. Em situações desconfortáveis, Jessica se cala. Ela retira qualquer emoção ligada a situação. O seu rosto fica calmo. Orgulhoso, arrogante. Você não conseguiria magoá-la mesmo que tentasse. Simples, Jessica é uma pessoa reservada, hesitante em tentar coisas novas sem ter sua confiança conquistada.

Mas nós podemos agradecer que ela esteja no Soshi. Por que eu digo isso? Pelo tanto que ela adiciona ao grupo, contribuindo com a sua grande profundidade, sabor e personalidade, o Soshi conseguiu fazer com que Jessica se libertasse das suas defesas. Quando o Soshi estreou, havia um grande empenho para que fizesse sucesso e fosse reconhecido. Longas horas e tensão foram parte disso. Todos vocês já devem ter visto a cena de Jessica no Girls Go To School, onde ela quase desmaia de tanto calor. Ela conhece o valor da dedicação e esforço, e ela conhece o medo do fracasso. Ainda assim, comparando o que o Soshi passou com um grupo como o KARA, que agora está vendo a sua persistência ser recompensada, o Soshi teve mais facilidades. Mas essas “facilidades”  são relativas, e o “fácil” na verdade nem existe no mundo do K-Pop. Mesmo tendo recebido um pouco de indiferença por fazer parte da gigantesca SM, Soshi conseguiu dominar por serem as melhores, e por serem as melhores elas conseguiram suprir as necessidades de Jessica. Sua fragilidade precisava da proteção de muros fortes, mas ao serem as melhores, por serem reconhecidas como as líderes, com uma grande vantagem e um respeito conquistado, Jessica pôde esquecer das barreiras. Ela pôde sair de trás delas, e fazer Naengmyun, Legalmente Loira ou qualquer coisa agora.

Entre o Soshi ela é querida, e já está confortável para mostrar quem ela realmente é. Onde o Soshi estiver, é aí que Jessica pode ser brilhante, adorável, brincalhona, engraçada sem intenção, cativante e pessoa amável, que é a verdadeira Jessica. É isso que o Soshi fez a ela. Ela retribui com uma profundidade interminável e com sua diversão.

Se o Soshi fosse composto por 9 garotas feitas de chiclete, doces e doçuras, nós com certeza enjoaríamos delas rapidamente. É a natureza humana. Não importa quanto algo é bom, nós não podemos ter muito de algo. Come a sua comida predileta por uma semana inteira, e você saberá ao que me refiro.

Esta é uma das facetas da força das 9. Adicionei a tranquilidade da Sica, tempero de Hyoyeon, as bobeiras da Sooyoung e você não poderá ficar entediado. Há muitas coisas para serem apreciadas. Se você não está babando, você está rindo ou chorando. Soshi fascina porque suas integrantes são fascinantes.

Nós podemos agradecer às nossas estrelas da sorte por ela ser parte do Soshi, num ambiente onde ela possa ser ela mesma. Se não fosse assim, nós mortais nunca poderíamos ver essa estrela.

Créditos: Auratus@Soshified
Tradução: Lucas

This entry was posted in Análises, Especial and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared.

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • Parceiros

  • Chat

  • Facebook